13 de julho de 2024

“O INVERNO ESTÁ CHEGANDO” – A GUERRA DOS TRONOS

FICHA TÉCNICA:

Titulo: A Guerra dos Tronos
Título Original: A Game of Thrones
Autor: George R. R. Martin
Gênero: Fantasia / Ficção / Ação / Aventura / Romance Medieval Distópico
Editora: Suma
Coleção/Arco: Crônicas de gelo e fogo (A Song of Ice and Fire)
Publicação: Original 1996
Número de Páginas: 600 páginas

AMBIENTAÇÃO:

O livro se passa nas terras de Westeros,
formada por sete reinos,
cada um governado por uma casa (família)

Reino do Norte (Casa Stark)
Reino do Vale e da Montanha (Casa Arryn)
Reino das Ilhas (Casa Greyjoy) e dos Rios (Casa Tully)
Reino do Rochedo (Casa Lannister)
Reino da Campina (Casa Tyrell)
Reino das Terras da Tempestade (Casa Baratheon)
Principado de Dorne (Casa Martell)

No início eram reinos distintos, assolados por guerras de poder
onde os reinos se erguiam e caiam constantemente.
É quando a família Targaryen tomou o poder
e unificou todos os sete reinos sob um único com sede em Porto Real,
onde ergueram um trono formado pelas espadas de seus inimigos derrotados,
símbolo de seu poder, o Trono de Ferro.
O poder bélico dos Targaryen se resumia basicamente a…DRAGÕES.
Os quatro irmãos tinham controle sobre as criaturas que montavam em batalha.
Aqueles que se submeteram mantiveram seus reinos
e os que resistiram foram substituídos por casas fiéis ao novo reino.
O único reino que resistiu à conquista foi Dorne,
que se manteve separado até se unirem através de um casamento
entre um Targaryen e uma Martell.
Mais tarde houve uma rebelião quando Rhaegar Targarien sequestrou Lyanna Stark,
que estava prometida a Robert Baratheon.
Lorde Rickard Stark, atual senhor do norte,
foi acompanhado de uma comitiva pedir satisfações ao herdeiro do trono.
O Rei Aerys II conhecido como o “Rei Louco” prendeu a todos
e sem julgamento assou Lorde Stark na própria armadura,
enquanto seu herdeiro Brandon morreu estrangulado ao tentar salvar o pai.
Nesta rebelião Robert Baratheon e outros revoltosos, entre eles Ned Stark,
o herdeiro sobrevivente do reino do norte, tomaram o poder.
Os dragões foram supostamente extintos.
Robert então se tornou o novo rei e Eddard Stark voltou ao norte.
Neste universo, semelhante à nossa era medieval,
as estações do ano não obedecem ciclos certos.
Podem passar décadas sem a chegada do tão temido inverno,
mas ele pode acabar perdurando por muito mais tempo,
a magia é um elemento real,
mas menos frequente desde a extinção dos dragões;
A princípio só digo uma coisa.
JAMAIS ao ler esta obra se apegue a qualquer personagem.
George R. R. Martin diz que seus livros são como a vida.
e apego não é garantia de sobrevivência.
Se ele julgar que matar o principal personagem
seria interessante para o enredo
ele o faria sem pensar duas vezes.

RESENHA (SEM SPOILERS):

Neste primeiro livro, temos Ned Stark
vivendo com seus filhos Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon.
Também havia John Snow, um filho bastardo de Ned Stark,
trazido por ele após a guerra da conquista.
Ele se divide em três núcleos distintos, a capital, a muralha e as cidades livres.
Jon Arryn, ocupava a posição de “mão do rei”,
que era a personalidade que tomava decisões e dava as ordens no reino,
abaixo somente do próprio rei, que morreu de forma misteriosa,
então Lorde Eddard “Ned” Stark foi convocado para ocupar seu lugar,
o que não poderia ser recusado por uma questão de honra.
Ned Stark parte então para a capital Porto Real,
acompanhado das filhas Sansa, prometida para Joffrey,
o filho de Robert e Herdeiro do trono
enquanto Arya iria se aprofundar nos estudos.
É quando Ned começa a entrar neste mundo das conspirações e traições,
um jogo perigoso onde o perigo pode vir de onde menos se espera.
Saindo do núcleo da capital,
o bastardo John Snow é encaminhado para a muralha,
onde são enviados criminosos ou voluntários.
A Muralha é um grande muro de gelo
que defende as fronteiras do norte de Westeros de ameaças,
dos povos que lá vivem e de ameaças sobrenaturais.
Lá John descobre estranhas movimentações para além da muralha
e vai ter de tentar salvar o reino do que está para vir.
O outro núcleo são as cidades livres onde vivem Viserys e Daenerys,
únicos sobreviventes da dinastia Targaryen.
Viserys quer recuperar a glória e o trono perdido a qualquer custo,
mesmo que tenha de usar a própria irmã como moeda de troca.

Resenha escrita ao som de Rainbow – Kill the King

NOTAS E CURIOSIDADES:

Atualmente o arco conta com cinco volumes já lançados
e mais dois previstos pelo autor, mas que ainda não foram concluídos.

A Guerra dos Tronos (A Game of Thrones) 1996
A Fúria dos Reis (A Clash of Kings) 1998
A Tormenta de Espadas (A Storm of Swords) 2000
O Festim dos Corvos (A Feast for Crows 2005
A Dança dos Dragões (A Dance with Dragons) 2011
Os Ventos do Inverno (The Winds of Winter) A ser lançado
Um sonho de Primavera (A Dream of Spring) A ser lançado

O livro foi adaptado para diversas mídias,
como quadrinhos e uma série de televisão, veiculada pela HBO.
Mesmo não concluída a publicação dos livros,
o autor deu uma assessoria para os roteiristas da série para a finalização,
que em alguns momentos creio que ignoraram a história.

Como a série e os livros em alguns detalhes são diferentes,
pode ser que os dois volumes finais ainda por serem publicados
nos tragam muitas surpresas, uma coisa eu digo.
Recomendo muito a leitura dos livros,
pois há detalhes que são extremamente esclarecedores
e que foram deixados de lado na série,
e que amarrariam pontas essenciais para a história.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!