19 de julho de 2024

“GROO FAZ O QUE GROO FAZ MELHOR!” – GROO: A ODISSÉIA

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: The Groo Odyssey
Nome no Brasil: Groo – A Odisséia
Gênero: Fantasia / Comédia
Editora: Opera Graphica
Roteiro: Mark Evanier
Arte: Sergio Aragonés
Número de Páginas: 104
Ano de Publicação: 2007

QUEM É ESSE TAL DE GROO, O ERRANTE?

Groo, o Errante (Groo the Wanderer no original)
é uma série de quadrinhos de fantasia / comédia escrita e desenhada por Sergio Aragonés,
coescrito e editado por Mark Evanier, com letras de Stan Sakai e colorido por Tom Luth.
Ao longo dos anos, foi publicado pela Pacific Comics, pela Eclipse Comics (uma edição especial),
pela Marvel Comics (sob o selo Epic), pela Image Comics e pela Dark Horse Comics.
O personagem é uma sátira descarada de Conan – o bárbaro.
Groo é famoso por afundar todo navio em que desafortunadamente embarca,
por adorar queijo derretido e nunca rejeitar uma boa peleja (combate)
A primeira aparição de Groo no Brasil se deu em 1990,
na graphic novel A Morte de Groo, da Marvel, pela Editora Abril.

NESSA EDIÇÃO:

Esse álbum tem quatro histórias de Groo, o errante.

O CAPITÃO DO CHINAMPA:
À deriva no oceano, Groo e Rufferto chegam a um navio que mais parece uma ilha.
E bem na hora em que o falecido capitão da embarcação está sendo jogado ao mar.
Adivinhe quem vai ficar com o posto!

O ÍDOLO:
Groo chega a uma aldeia onde, sem mais nem menos,
todos começam a se ajoelhar à sua frente.
Mas a louvação é para Rufferto, que é “sósia” do Deus Ótot.
Agora, o bárbaro e seu cão viverão uma vida luxuosa.
só resta saber quanto tempo ficarão longe de confusões.

UM BELO DIA:
Susto é uma cidade-modelo,
na qual todos vivem felizes por nunca terem encontrado Groo.
O problema é que esse “paraíso” começa a atrair gente de outros lugares,
onde a coleta de impostos, evidentemente, cai.
Participação de vários personagens coadjuvantes: Grooela, a irmã do errante, do Sábio,
do mercenário Taranto, das bruxas Arba e Dakarba, do Menestrel e do nobre Arcádio.

OS MENDIGOS:
Em Harina, Groo é “contratado” para livrar a cidade dos mendigos
que habitam suas ruas, ele até ganha um distintivo!
Mas, quando os ataca, é convencido de que está do lado errado.
Só que não é difícil fazer o bárbaro mudar de opinião…

Resenha escrita ao som de Ultraje a Rigor – Inútil

NOTAS E CURIOSIDADES:

Uma curiosidade sobre este abilolado personagem
é que ele usa espadas orientais de uma só lâmina (katanas),
ao contrário dos bárbaros normais, que usam espadas de lâmina dupla.

Sergio Aragonés nasceu em 1937 em Castellon na Espanha,
mas ainda durante sua infância sua família se mudou para o México
por causa da guerra civil espanhola.
Sergio Aragonés se tornou colaborador da revista MAD em 1963.
Ficou famoso por suas vinhetas às margens das páginas da revista.
Nos anos 1980 ele criou a revista em quadrinhos Groo o Errante
(assim chamado porque procurara um nome sem significado em qualquer idioma)
em conjunto com Mark Evanier.

O cartunista Sergio Aragonés dando autógrafos em seu estande
durante a Comic-Con em San Diego (21 de julho de 2019)

Mark Stephen Evanier (1952), é um autor de histórias em quadrinhos americanas,
roteirista e historiador, conhecido por seu trabalho na série animada Garfield and Friends
e pela revista em quadrinhos Groo, o Errante, criada ao lado do ilustrador Sergio Aragones
Como historiador, foi o autor de uma premiada biografia sobre Jack Kirby
intitulada Kirby: King of Comics.

O escritor Mark Evanier dando uma entrevista durante a Comic-Con em San Diego (21 de julho de 2019)

Depois que teve até revista própria no Brasil, na década de 1990,
Groo conquistou uma fiel legião de fãs.
O bárbaro tapado ficou bastante tempo sumido do nosso mercado,
voltando a dar as caras em 2003, nas minisséries Groo & Rufferto
e Groo – A Ira de Pipil Khan, da extinta Pandora Books;
e depois em 2005, com Groo – Impostos! Pague até para morrer.
Mais um hiato de dois anos, e ele retorna em Groo: A Odisséia.

A Mythos Editora começou a republicar as desventuras de Groo,
o errante em 2008, com o especial Groo – 25 Anos de desastres.
De lá para cá, foram mais três edições: Groo – A grande crise (2011),
o crossover Groo versus Conan (2015) e Groo – Amigos e inimigos (2016).
Em 2018 foi a vez de Groo – Amigos e inimigos – Volume 2.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!