23 de junho de 2024

“EU SOU O ESPÍRITO QUE ANDA” – O FANTASMA

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: The Phantom
Nome do Brasil: O Fantasma
Gênero: Ação / Aventura / Fantasia
Ano: 1996
Duração: 1h 40min
Direção: Simon Wincer
Roteiro: Jeffrey Boam
Elenco Principal: Billy Zane / Treat Williams / Kristy Swanson /
Catherine Zeta-Jones / James Remar / Patrick McGoohan
País de Produção: Estados Unidos / Austrália

RESENHA (SEM SPOILERS):

A trama começa em Bengala onde o vigésimo-primeiro membro de uma linhagem
que há quatrocentos anos combate o mal decide ir para Nova York,
para impedir que um milionário louco tome posse das Caveiras de Touganda
(uma de ouro, outra de prata e a última de jade),
que, juntas, vão gerar uma energia tão grande
que dará ao dono delas um poder imensurável.
Sendo que a Irmandade de Sengh,
um grupo de piratas que existe por quatro séculos,
também está interessado nas caveiras.

O Longa é baseado nas HQS do personagem “O Fantasma” de Lee Falk,
foi livremente inspirado em três das histórias do Fantasma,
“The Singh Brotherhood”, “The Sky Band”, e “The Belt”;
mas adiciona elementos sobrenaturais e vários novos personagens.
O Fantasma, é um filme de super heróis dos quadrinhos
feito em uma época onde não tinham tantos efeitos especiais como hoje,
mas é um bom filme de aventura, ação e um boa história, fiel aos quadrinhos.
recomendado!

Texto realizado ao som de Danni Carlos – The Reason

NOTAS E CURIOSIDADES:

O filme teve vários locais de filmagem como: Los Angeles, Tailândia e Queensland;

O orçamento de O Fantasma foi de US$ 45 milhões.

Desempenho de Billy Zane (O Fantasma) foi elogiada pelo cineasta James Cameron,
que o escolheu para a Titanic por causa disso.

Muitas cenas em desenvolvimento do romance entre O Fantasma e Diana Palmer
foram cortadas, a fim de tornar o filme mais acelerado.
Uma cena de ação com O Fantasma lutando com um leão
e um com ele lutando contra uma cobra também foram cortadas.
A cena com O Fantasma e seu cavalo empinado no por do sol foi cortada do filme,
mas mostrado no final de 1996 no documentário
da A&E Network The Phantom: Comic Strip Crusader.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!