23 de junho de 2024

“ESSA É A MINHA PONTUAÇÃO MÁXIMA” – GDLK

FICHA TÉCNICA:

Nome original: High Score
Nome do Brasil: GDLK
Gênero: Documentário
Ano: 2020
Número de Temporadas: 01
Número de Episódios: 06
Duração: 37 a 47 minutos por episódio
Criador: França Costrel
Elenco: Charles Martinet (Narrador)
País de produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

1 temporada (2020)

Em GDLK (High Score),
a documentarista fascinada pelo mundo dos videogames France Costrel,
resgata a história dos maiores sucessos entre os jogos antigos.
O propósito de GDLK é ressaltar aspectos que ainda nos dias atuais
são pouco discutidos e abraçados pela comunidade de jogadores,
como a participação das mulheres, pessoas racializadas e LGBTQIA+.
A produção escuta desenvolvedores e criadores importantes,
por trás dos jogos mais famosos do mundo, como Tetris, Mario, Sonic,
Doom, Pac-Man, Final Fantasy, Street Fighter, Mortal Kombat entre outros…
além dos fãs e vencedores de campeonatos de sucessos.
A série é narrada por Charles Martinet, que é o dublador de Mario.
GDLK é um documentário muito interessante, leve e didático,
sobre um entretenimento que está conosco a décadas, o videogame.
A minissérie se propõe contar a história dos games
pela perspectiva não só de quem os inventou,
mas também das pessoas mais apaixonadas por eles.
Imperdível!

Texto escrito ao som de Wild Arms – Into the Wilderness

NOTAS E CURIOSIDADES:

A série documental é uma produção original da Netflix.

France Costrel ganhou o Emmy com a série documental, 8 bit legacy em 2017.

A sigla GDLK, vem de “Godlike”, algo que pode ser traduzido como
“divino”, “divindade”, ou remetendo a alguém que é tão habilidoso
que pode ser chamado de “deus dos games”.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!