13 de abril de 2024

“O PODEROSO PORTÁTIL DA SEGA” – GAME GEAR

APRESENTAÇÃO:

Game Gear é um console de videogame portátil, de 8 bits,
desenvolvido e produzido pela Sega, lançado em 1990.
Fazia parte da denominada “4ª geração de consoles”
e surgiu em resposta ao portátil da Nintendo, o Game Boy.
O console foi descontinuado no Brasil e na Coreia do Sul em 1995.

Caixa do Game Gear lançado pela Tec-Toy

HISTÓRIA:

O Game Gear é considerado por muitos um Master System portátil,
pela semelhança técnica entre os dois aparelhos.
Porém um fato interessante é que ele era mais potente
em resolução e cores que o Master System.
O Game Gear apresenta um modo de compatibilidade com o Master System,
permitindo a execução dos seus jogos através de um adaptador.
Pois o tamanho dos cartuchos é diferente.
E se tratando de jogos, foram lançados mais de 300 jogos para o portátil
o console recebeu muitos ports do Master System.
Mesmo possuindo um hardware melhor em comparação ao Game Boy,
seu concorrente da época, o Game Gear não obteve o sucesso esperado.
Podemos destacar algumas devantagens em comparação com o Game Boy:

Usava 6 pilhas AA para fazê-lo funcionar, no GB usava apenas quatro pilhas.

A tela tem iluminação interna que consome muita energia da pilhas.

A duração das pilhas de cerca de 4 horas de jogo.
No Game Boy as pilhas duravam cerca de 15 horas de jogo.

Mesmo sendo um portátil, o Game Gear ainda era significamente maior
que o Game Boy, o que dificultava seu transporte (não cabia no bolso).

O Game Boy foi lançado um ano antes
e já havia ganhado boa parte do mercado,
com uma disponibilidade muito maior de jogos.

Esse Game Gear é realmente micro.

GAME GEAR MICRO:

Foi lançado em 2020 exclusivamente no Japão
como parte da comemoração do 60º aniversário da SEGA.
Também foi lançado um add-on chamado SEGA Big Window,
um visor que aumentava o tamanho da tela quando visualizado.
O Game Gear Micro tem dimensões de 8 centímetros de largura,
4,3 centímetros de altura e 2 centímetros de profundidade.
Saiu em quatro edições diferentes preto, azul, amarelo e vermelho.
Cada Game Gear Micro vem com quatro jogos diferentes.

Saiu em quatro edições diferentes
do Game Gear Micro, com quatro jogos diferentes cada.

ACESSÓRIOS:

Super Wide Gear:
Uma espécie de lente de aumento, para uma melhor visualização da tela.

Conversor Master Gear:
Permite executar jogos do Master System no Game Gear.

Game Genie e Pro Action Replay:
Permite modificar os jogos temporariamente,
aumentando o número de vidas ou pulando fases.

TV Tuner:
Permite exibir canais de televisão
e a conexão de outros equipamentos de vídeo no Game Gear.

Cabo Gear-to-Gear:
Permite a conexão de dois Game Gear, para jogos entre duas pessoas.

Bateria Solar:
Sistema de baterias carregáveis por luz solar,
e foi feito exclusivamente para o uso no Game Gear.

Esses são alguns dos acessórios interessantes que o Game Gear teve.

A SEXTA-FEIRA CLÁSSICA RECOMENDA:

Sonic The Hedgehog

Sonic Chaos

Sonic Triple Trouble

Tails Adventure

Ninja Gaiden

Mega Man

Shinobi

Streets of Rage

Castle of Illusion Starring Mickey Mouse

Land of Illusion starring Mickey Mouse

Deep Duck Trouble Starring Donald Duck

Disney’s Aladdin

Batman Returns

The Lion King

Ecco the Dolphin

Krusty’s Fun House

Fantasy Zone

Ristar

Phantasy Star Gaiden

The Lion King

Psychic World

Out Run

Mortal Kombat

Vampire: Master of Darkness

Shining Force 2: The Sword of Hajya

O Game Gear recebeu muitos ports do Master System.

CONCLUSÃO:

O Game Gear é um ótimo console, com bons jogos.
O portátil recebeu muitos ports do Master System,
por isso muitos consideram até hoje um Master System portátil.
Não teve o sucesso esperado na época em que foi lançado,
por causa de algumas desvantagens comparadas ao seu rival, o Game Boy.
Mas conquistou muitos fãs, tanto que foi lançado a linha Game Gear Micro,
Um presente aos gamers saudosistas dos anos 90,
que até hoje é lembram do portátil com muito carinho.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!