25 de fevereiro de 2024

“O PASSADO NÃO QUER SER MUDADO” – NOVEMBRO DE 63

FICHA TÉCNICA:

Titulo: Novembro de 63
Título Original: 11/22/63
Autor: Stephen King
Gênero: Ficção científica / Distopia histórica / Suspense sobrenatural
Editora: Suma
Publicação: Original 2011
Número de Páginas: 728 páginas

RESENHA (SEM SPOILERS):

A vida de Jake Epping,
um professor de Inglês de uma cidade do Maine, está para mudar.
Tudo acontece quando Al, o dono de um trailer/lanchonete
passa para ele o que se tornou uma missão de vida:
Deter o assassinato do John Kennedy que aconteceu em 22/11/1963.
Normalmente é de se pensar que Al estivesse com um parafuso a menos,
já que está a beira da morte,
mas ele passa para Jake a localização exata de um portal
que o leva de volta ao tempo, sempre na mesma data em 1958,
e que o caminho inverso o leva para a a data presente no momento em que partiu.
Mas qual o preço de se mudar o tempo?
E quando as boas intenções se mostram desastrosas
nas vidas das pessoas que estão fora dos tablóides?

Resenha escrita ao som de The Offspring – Kill The Presaident

NOTAS E CURIOSIDADES:

O livro ganhou o prêmio de melhor Mistério / Thriler pelo Los Angeles Times
e recebeu indicações como Melhor Romance e também como melhor Ficção científica.

King começou a escrever o livro em 1973,
mas teve de desistir porque não tinha tempo
para fazer as pesquisas necessárias para o desenvolvimento da história.

Em 2016 o livro foi adaptado para uma série de TV, do canal Hulu,
com produção da Warner Bros.

O livro possui diversas referências a elementos presentes na obra “A Torre Negra”
como portais do tempo e agentes do rei Rubro,
mas não são 100% presentes na história e não são essenciais,
se não conhecer a obra, as referências e personagens não são essenciais
para a compreensão dos fatos, o leitor acaba se fixando na trama principal,
o que já é bastante satisfatório.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!