23 de junho de 2024

“MEU OBJETIVO FINAL É APENAS A VERDADE” – OS ASSASSINATOS NA RUA MORGUE

FICHA TÉCNICA:

Titulo: Os Assassinatos na Rua Morgue
Título Original: The Murders in the Rue Morgue
Autor: Edgar Allan Poe
Gênero: Policial / Drama / Suspense / Mistério / Terror
Editora: Antofágica
Publicação: Desta edição 2021.
Publicação original: 1841
Número de Páginas: 256 páginas

RESENHA (SEM SPOILERS):

Edgar Allan Poe, um dos maiores autores de obras de suspense e terror,
foi também o pai dos romances de investigação policial
com seu personagem Auguste Dupin e seus métodos de investigação
baseados em uma inteligência excepcional e métodos de dedução fora do comum.
Dupin, aliás, foi a inspiração dos detetives que vieram depois,
como Sherlock Holmes e Hércule Poirot.
Este volume, que tem como foco Auguste Dupin
(que foi detetive antes do termo ter sido criado), tem as três histórias onde ele aparece:

OS ASSASSINATOS NA RUA MORGUE:

Em os assassinatos da Rua Morgue ocorreu um crime brutal,
duas mulheres foram assassinadas, um verdadeiro banho de sangue
em um apartamento totalmente fechado.
Como se não bastasse, nenhuma das possíveis testemunhas
tem informações coincidentes ou que ajudem a solucionar o mistério,
ate que Monsieur Dupin entra no caso.

O MISTÉRIO DE MARIE ROGÊT:

Em o Mistério de Marie Rogêt, Poe se baseou em um assassinato real
Uma funcionária de uma perfumaria é encontrada no rio Sena e Dupin,
usando as próprias matérias do jornal, entra na mente do assassino.

A CARTA ROUBADA:

Em A Carta Roubada, um documento foi roubado dos aposentos reais
e Dupin se envolve no resgate desta carta.

Resenha escrita ao som de Iron Maiden – Murders in the Rue Morgue

NOTAS E CURIOSIDADES:

Como a obra caiu em domínio público,
temos edições para todos os bolsos e em todos os formatos,
é só pesquisar e escolher, ou então ler alguma das opções gratuitas
disponíveis na internet.

Temos dois filmes clássicos baseados em Assassinatos na Rua Morgue,
um em 1932, com Bela Lugosi, e outro em 1971.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!