19 de abril de 2024

“ESSA NÃO É UMA BOA TERRA PARA DEUSES” – DEUSES AMERICANOS

FICHA TÉCNICA:

Titulo: Deuses Americanos
Título Original: American Gods
Autores: Neil Gaiman
Gênero: Fantasia / Ficção / Mitologia
Editora: Intrínseca
Publicação: 2001
Número de Páginas: 576 páginas

RESENHA (SEM SPOILERS):

“O homem é um louco, não pode fazer um verme, no entanto, faz deuses as dúzias”
Michel de Montaigne

Este é um livro sobre as crenças, a capacidade do ser humano,
usando estas crenças, de criar e alterar a realidade a sua volta.
O ex-presidiário Shadow Moon foi liberado da prisão
antes de terminar de cumprir a pena.
Sua esposa acabou de morrer em um acidente e sua vida está de pernas pro ar.
É onde ele conhece Wednesday, um homem…não, um Deus antigo,
encontrando outros deuses antigos, trazidos pelos imigrantes.
Eles estão enfraquecidos por não serem mais cultuados,
mas precisam se reerguer e vão travar uma guerra contra os novos Deuses da América,
onde o prêmio é não ser esquecido.
O livro é uma verdadeira viagem (em todos os sentidos),
uma viagem pelas estradas dos Estados Unidos, cheia de mitos e mistérios.

Resenha escrita ao som de Camisa de vênus – Deus me dê Grana

NOTAS E CURIOSIDADES:

O livro deu origem a uma série de mesmo nome da Amazon Prime Vídeo, muito elogiada.

Também temos uma série de Graphic Novels baseada no livro.

A grande maioria (senão todos) os pontos visitados no livro são reais
e podem ser encontrados, aliás é um desafio que Gaiman faz no prefácio.
“Esses locais podem – ou não – serem encontrados.

O personagem Vulcan originalmente não estava no livro.
Foi adicionado na série e é baseado no deus das forjas Vulcano
(seu correspondente grego é Hefesto).
A idéia teria vindo da conversa de Gaiman sobre sua visita a Birminghan, no Alabama,
e sua estátua Vulcan, feita de ferro fundido, com 56 metros de altura.

Os dias da semana em inglês remetem à celebração dos Deuses.
Wednesday (quarta feira) é o Woden’s day, ou o “Dia de Odin”

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!