29 de fevereiro de 2024

“TEM CUIDADO COM O QUE DESEJAS” – CORALINE E O MUNDO SECRETO

FICHA TÉCNICA:

Nome Original: Coraline
Nome do Brasil: Coraline e o Mundo Secreto
Gênero: Animação / Aventura / fantasia
Ano: 2009
Duração: 1h 40min
Direção: Henry Selick
Roteiro: Henry Selick
Elenco Principal: Dakota Fanning / Teri Hatcher / Jennifer Saunders /
Dawn French / Keith David / John Hodgman / Robert Bailey Jr.
País de Produção: Estados Unidos

RESENHA (SEM SPOILERS):

Entediada em sua nova casa,
Caroline Jones um dia encontra uma porta secreta.
Através dela tem acesso a uma outra versão de sua própria vida,
a qual aparentemente é bem parecida com a que leva.
A diferença é que neste outro lado tudo parece ser melhor,
inclusive as pessoas com quem convive.
Caroline se empolga com a descoberta,
mas logo descobre que há algo de errado
quando seus pais alternativos
tentam aprisioná-la neste novo mundo.

Coraline e o Mundo Secreto é uma excelente animação
baseada no livro ilustrado de Neil Gaiman,
mesmo autor do cultuado “Sandman”.
Lembra muito o estilo do diretor/produtor Tim Burton.
Conta com ótimos efeitos visuais, roteiro e aquele clima macabro.
Indicado pra quem gosta de animações como “A Noiva Cadáver”,
“O Estranho Mundo de Jack” e procura algo pra curtir no Halloween.
Imperdível!

Texto realizado ao som de Pitty – Na sua Estante

NOTAS E CURIOSIDADES:

É a primeira animação em stop-motion
a ser feita originalmente para o formato 3D.
Coraline também é, até seu lançamento,
o mais longo filme de animação em stop-motion já feito.

A empresa de mudanças Ranft Bros. recebeu este nome
como homenagem a dois irmãos na vida real,
o artistas de animação Jerome e Joe Ranft.

O dinheiro dado para pagar os funcionários da Ranft Bros.
traz estampado na nota o rosto do diretor Henry Selick,
enquanto os chinelos de macaco que o Outro Pai usa
são uma referência a Monkeybone – No Limite da Imaginação (2001),
também dirigido por Henry Selick.

A gema de ovo que a Outra Mãe despeja em uma vasilha
forma a imagem do personagem principal de O Estranho Mundo de Jack (1993),
também dirigido por Henry Selick, e os discos no escritório do Outro Pai
são da banda do filho de Henry Selick, Harry, chamada The Rockets,
e também de sua própria banda, The Sharks.
Por fim, a loja de departamento Linden recebeu este nome
em homenagem ao produtor Harry Linden.

SFC – Onde quase todo dia é Sexta-feira!